Busca no site:
Área restrita
para clientes:
VAI Card Convênios

Novembro azul: 5 perguntas sobre o câncer de próstata


Novembro azul: 5 perguntas sobre o câncer de próstata

Novembro Azul (Movember) é um movimento de conscientização realizado por diversas entidades no mês de novembro e trata da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas. Além de levar informação, o movimento visa acabar com o preconceito acerca da prevenção, diagnóstico e tratamento da doença que hoje aflige cerca de 1 a cada 6 homens.

A equipe Winker quer vida longa e saudável aos seus condôminos, por isso, preparou 5 perguntas e respostas frequentes sobre o tema. Leia, informe-se e compartilhe!
 

 
 

  1. O que é o câncer de próstata?

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, de forma e tamanho semelhantes a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

O câncer de próstata é o tumor mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas dos tumores de pele, e o sexto tipo mais comum no mundo segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer).

Um a cada seis homens é portador da doença. A estimativa do INCA é de que, por ano, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, um caso a cada 7,6 minutos.

  1. Como prevenir o câncer de próstata?

Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco do câncer. Especialistas recomendam pelo menos 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, moderar o consumo de álcool e não fumar.

 

  1. Com qual idade devo iniciar o acompanhamento?

Caso não hajam sintomas, a recomendação é que homens a partir de 45 anos procurem um urologista para realizar os exames preventivos anualmente.

Indivíduos com história familiar de câncer de próstata, da raça negra, sedentários e obesos devem iniciar a prevenção a partir dos 40 anos, pois possuem maior risco de desenvolver a doença.

 

  1. Como diagnosticar o câncer de próstata?

Os sintomas mais comuns do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros.

A doença pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal.

O toque retal é o teste mais utilizado e eficaz quando aliado ao exame de sangue PSA (antígeno prostático específico, na sigla em inglês), que pode identificar o aumento de uma proteína produzida pela próstata, o que seria um indício da doença. Para um diagnóstico final, é necessário analisar parte do tecido da glândula, obtida pela biópsia da próstata.

 

  1. Como tratar o câncer de próstata?

Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal.

A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

Quando diagnosticada precocemente as chances de cura da doença são de aproximadamente 90%

Todos os estados brasileiros têm pelo menos um hospital habilitado em oncologia, onde o paciente de câncer encontrará desde um exame até cirurgias mais complexas. Mas para ser atendido nessas unidades e centros é necessário ter um diagnóstico já confirmado de câncer por laudo de biópsia ou punção.

————–

Este artigo foi útil para você? Compartilhe nas redes sociais e leve essa informação aos seus amigos. Você pode salvar vidas.

Consultoria médica: Dr. Cristiano Novotny – Urologia – CRM: 10968/SC (cliente Winker)



‹ voltar